Maragojipe em Ação com neto do PT


Venha fazer parte e contribuir para, mais este veiculo de comunicação do nosso Município e toda região, com força, responsabilidade e transparência, assim como é o espirito do homem público e politico Neto do PT.

Loading...

sexta-feira, 30 de março de 2012

Se eu perdesse a voz, estaria morto’, diz Lula

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira que teve mais medo de perder a voz do que de morrer após a descoberta do câncer na laringe. “Se eu perdesse a voz, estaria morto”, disse ele em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, a primeira após o desaparecimento do tumor.
Lula se emocionou ao citar o vice-presidente José Alencar, que morreu de câncer há um ano. “Hoje é que eu tenho noção do que o Zé Alencar passou”. O ex-presidente também falou sobre o tratamento a que foi submetido - quimioterapia e radioterapia. “A gente não sabe o que é pior (…). Para mim, os dois são um desastre. Um é uma bomba de Hiroshima e, o outro, eu nem sei que bomba é”, disse.
Lula, que perdeu quase 16 kg, afirmou que o câncer é uma doença “avassaladora” e que sentiu muita náusea durante o tratamento. “A boca não suporta nada, nada, nada, nada. A gente ouvindo as pessoas que passam por um tratamento contra o câncer falarem não tem dimensão do que estão sentindo”.
Segundo o ex-presidente, o pior momento do processo foi quando soube da doença. Ele disse que ainda sente dores na garganta e que sonha com o dia em que poderá comer pão “com a casca dura”.
Lula também afirmou que pretende trabalhar menos a partir de agora. “Nunca mais eu irei fazer a agenda alucinante e maluca que eu fiz nesses dez meses desde que eu deixei o governo”.
Sobre Fernando Haddad, pré-candidato do PT à prefeitura de São Paulo, o ex-presidente disse que o considera o melhor candidato. “São Paulo não pode continuar na mesmice de tantas e tantas décadas. Eu acho que ele vai surpreender muita gente. E desse negócio de surpreender muita gente eu sei”.
Fonte : Agencia Brasil  

quinta-feira, 29 de março de 2012

Luiza Maia quer luta antibaixaria nos municípios

Após a aprovação do Projeto de Lei (PL) Antibaixaria, ocorrida na noite de terça-feira (27/03), a deputada Luiza Maia (PT), autora da polêmica proposição, anunciou que percorrerá o estado para que medidas semelhantes sejam regulamentadas nos municípios. “A luta não terminou, temos que estender esse debate para todos os cantos”, afirmou.
Ela informou ainda que um kit antibaixaria, contendo minuta do projeto antibaixaria mais exemplares da Lei Maria da Penha e dos Planos Estadual e Nacional de Políticas para as Mulheres, será enviado para as 417 prefeituras e câmaras de vereadores baianas.
O objetivo da iniciativa é incentivar chefes do Executivo a abraçarem a luta pelo fim da violência e do preconceito contra as mulheres, como já fizeram Moema Gramacho (PT), de Lauro de Freitas, e Quitéria Mendes (PSB), de Cardeal da Silva. Em Salvador, a edil Tia Eron apresentou mês passado versão do PL Antibaixaria no legislativo.
Fonte: Ascom da deputada Luiza Maia

Neto do PT se despede, ao mesmo tempo que agradece a Todos os Maragojipanos!


Caros Companheiros

Venho, através desta, agradecer a todo o corpo de funcionários que ao longo destes sete anos de governo trabalharam para o crescimento e desenvolvimento do nosso Município, numa luta diária e árdua a cada dia, porém com grandes frutos colhidos, também aqueles que permanecem em seus cargos para dar continuidade a esse grande projeto implantado.

Quero sim, agradecer aos Secretários Municipais que nunca mediram esforços para fazer desta máquina administrativa uma grande ferramenta de melhoria para os nossos Munícipes, ao mesmo tempo em que desejo sorte e sucesso nessa nova empreitada aos amigos e companheiros: Arivaldo Vieira, Marina Bonfim, Moises, Luiz Carlos, Carlos França e Edval Jorge, na luta por novas conquistas no pleito eleitoral que se aproxima.

É com enorme satisfação que hoje faço um agradecimento em especial a todos os funcionários da SESPTMA (Secretaria de Serviços Públicos, Transporte e Meio Ambiente), a qual estive a frente durante este ultimo período, onde pude crescer e certamente agregar valor à mesma, pois houve a soma de muitas coisas positivas. Sendo assim, desejo ainda mais a estes servidores: agentes de limpeza, eletricistas, pedreiros, jardineiros, auxiliares de serviços gerais e administrativos. Desejo que aconteçam grandes conquistas em suas vidas, em todos os campos: pessoal, profissional e por que não dizer, emocional! Uma vez que a vida é preenchida de emoções, de grandes amizades, e posso dizer que pude fazer novos e bons amigos dentro desta Secretaria.

Despeço-me muito agradecido de coração a todos que contribuíram de alguma forma para que essa realidade na qual vivemos hoje acontecesse, esperamos e cremos na continuidade deste projeto vitorioso que cada um de vocês ajudou a construir, hoje me afasto do cargo em que estou por motivos de ordem eleitoral, mas continuo ao lado de cada um de vocês e ainda mais imbuído na idéia de lutar por uma cidade cada vez melhor para todos nós Maragojipanos.

Eustílio de Carvalho Neto  - "NETO do PT"!

Neto do PT - Maragojipe em Ação!

terça-feira, 27 de março de 2012

Dilma desembarca na Índia para reunião dos Brics!

Presidente participará de reunião dos emergentes que compõem os Brics.
Dilma terá também encontros bilaterais com líderes fora da cúpula.

 

A presidente Dilma Rousseff desembarcou em Nova Délhi, na Índia, na manhã desta terça-feira (27), para participar ao longo da semana de uma reunião das potências emergentes que compõem os Brics. Os líderes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul se reunirão na quinta-feira (29). Eles vão discutir a situação econômica em meio à crise internacional. 

Dilma Rousseff recebe cumprimentos no hotel ao chegar em Nova Délhi. Um dos principais pontos da visita é a proposta de criação de um banco dos Brics destinado a financiar investimentos e projetos de infraestrutura, informou o ministro de Indústria, Fernando Pimentel. Dilma terá também encontros bilaterais com cada um dos líderes fora da cúpula, na qual o Brasil chega como a sexta economia do planeta, depois de superar o Reino Unido.

 Fonte - G1

Neto do PT - Maragojipe em Ação!

sábado, 24 de março de 2012

NETO DO PT - AINDA MAIS FORTE NAS INTERNAS!

Em reunião realizada na manhã de hoje, sábado (24), em qual a pauta abordada foi referente as pré- candidaturas a "prefeituraveis" em Maragojipe pelo PT (partido dos trabalhadores), o amigo NETO do PT sai ainda mais fortalecido, dentro deste processo, uma vez que o PRESIDENTE do PT no Município, acaba de deixar claro seu total apoio ao pré candidato Neto do PT, num processo que se afunila, e deve realmente ter seu nome colocado diretamente na disputa nas próximas horas.




Neto do PT - Maragojipe em Ação!

quinta-feira, 22 de março de 2012

Petistas apoiam movimento de pescadores artesanais


Um grupo de parlamentares do PT esteve reunido, nesta quarta-feira (21), com dirigentes do Movimento de Pescadores e Pescadoras Artesanais.
O encontro ocorreu na sala de reuniões da Liderança do PT na Câmara e contou com a presença dos deputados Luiz Alberto (PT-BA), Miriquinho Batista (PT-PA), Jesus Rodrigues (PT-PI) e da deputada Luci Choinacki (PT-SC).
Os petistas se comprometeram a apoiar a Campanha Nacional Pela Regularização do Território das Comunidades Tradicionais Pesqueiras, que pretende reunir em Brasília, no dia 5 de junho, pelo menos dois mil pescadores e pescadoras.
A deputada Luci Choinacki lembrou que o primeiro projeto de lei de incentivo à pesca artesanal no Brasil foi de sua autoria, na legislatura 1991-1994.
Jesus Rodrigues considera que estes profissionais “garantem a sustentabilidade de suas famílias e ainda a segurança alimentar de outras famílias de baixa renda”.
Fonte: site do PT na Câmara

Senadores baianos articulam com MEC a implantação de curso de medicina na UFRB

Os senadores baianos Walter Pinheiro (PT) e Lídice da Mata (PSB) solicitaram na tarde desta quarta-feira (21) ao ministro Aloísio Mercadante, a implantação do curso de medicina na Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), durante audiência no Ministério da Educação (MEC). Na ocasião, os senadores apontaram que a universidade possui estrutura adequada para abrigar o novo curso, que poderá funcionar no Centro de Ciências da Saúde.
Pinheiro lembrou que o município de Santo Antonio de Jesus, onde funciona um campus da UFRB, é um dos maiores da Bahia, com cerca de dez mil habitantes, onde já existe um dos maiores hospitais regionais, com mais de 150 leitos e 20 unidades de UTI. “A Bahia forma poucos profissionais de medicina e precisa ter oferta de cursos no interior, para uma distribuição mais razoável dos profissionais da área médica em todo o estado. A Bahia teve cinco novos grandes hospitais inaugurados desde o início da gestão do governador Jaques Wagner, e precisa ampliar a formação de quadros médicos”, destacou Pinheiro.
Mercadante, disse que diversos estudos vêm sendo realizados pela pasta para instituir novos cursos de medicina em universidades federais do interior do Brasil, e se mostrou sensível à demanda do Estado. Na ocasião, os senadores entregaram ao ministro um documento que expõe detalhadamente o pleito, assinado também pelo senador João Durval (PDT-BA).
Fonte: Ascom do senador Walter Pinheiro (PT-BA)

22 de Março: Dia Mundial da Agua.... Beba essa idéia!



Neto do PT - Maragojipe em Ação!

quarta-feira, 21 de março de 2012

Empresas que exploram petróleo devem agir com responsabilidade, afirma Dilma

Presidenta Dilma Rousseff durante a cerimônia de posse da diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
A presidenta Dilma Rousseff afirmou hoje (21), durante a cerimônia de posse da diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, que as empresas que exploram petróleo no Brasil têm que cumprir os protocolos de segurança a fim de garantir a preservação ambiental.
“As empresas que aqui vierem se instalar, bem como as empresas que já estão aqui, elas devem saber que protocolos de segurança existem para serem cumpridos, todas as empresas, sem exceção. Nesta questão não há exceções. É necessário ficar dentro dos limites de segurança e algumas vezes abaixo dos limites de segurança, nunca pressioná-los e jamais ultrapassá-los. As empresas, e a ANP tem um papel crucial nisso, devem agir com responsabilidade e ter ações concretas para garantir a segurança operacional e a preservação ambiental”.
De acordo com a presidenta, é responsabilidade da ANP cobrar das empresas o cumprimento das normas de segurança para evitar desastres ambientais.
“Todos sabemos que cabe à ANP fiscalizar acidentes de imperícia, de desrespeito às normas de segurança e parabenizamos à ANP pelo que tem feito até agora”.
A respeito da regulação do setor de exploração de petróleo, a presidenta afirmou que trabalhará para que os compromissos sejam cumpridos.
“Trabalharemos cotidianamente para construir um país em que se respeitem os compromissos, em que se cumpre a palavra empenhada e sobretudo em que se honra a assinatura aplicada em um documento.É por isso que para nós respeitar as regras estabelecidas é fundamental. A ANP, agora presidida pela Magda Chambriard, tem o importantíssimo papel de fazer valer os acordos, as regras e as melhores práticas em um setor fundamental para o nosso país”, disse.
Dilma elogiou a indicação de Magda Chambriard e disse ser importante que tanto a ANP quanto a Petrobras sejam presididas por mulheres.
“Queria dizer para vocês que considero muito importante para o Brasil e para as mulheres brasileiras, constatar que mulheres brasileiras por mérito e profissionalismo chegam a postos importantes em uma indústria que tradicionalmente é integrada por homens (…) eu saúdo nesse momento a doutora Magda Chambriard pelo seus méritos e profissionalismo e acredito que é um símbolo para as mulheres brasileiras o fato de que a maior empresa de petróleo do Brasil, a Petrobras, e a Agência Nacional do Petróleo, sejam presididas pela Maria das Graças Foster e pela Magda Chambriard”.

Marina Silva visita presidente Lula

Marina Silva visitou na terça-feira (20) o presidente Lula. O encontro começou pouco depois das 12h e durou cerca de 30 minutos.

O encontro foi no no hospital Sírio-Libanês, onde Lula esteve para fazer uma sessão de fonoaudiologia (espécie de exercício para a voz).

Depois Lula retornou para sua casa em São Bernardo do Campo.

Na próxima sexta-feira (23 de março) Lula fará exames para confirmar se houve remissão completa do câncer

Artigo: A juventude que ocupa o planeta, por Fernando Pacheco

O PT vive sua “virada geracional”. Jovens começam a ter maior participação nos parlamentos e à frente do Executivo, bem como o tema juventude entra cada vez mais na agenda prioritária dos governos em que participamos.


No âmbito interno, o IV Congresso decidiu reservar 20% das vagas das instâncias dirigentes partidárias a menores de 30 anos.
Por isso, mais que nunca, por sabermos da importância do Partido dos Trabalhadores para a esquerda da América Latina e da posição do continente na nova geopolítica global, é hora de discutirmos o nosso papel e nossas ações por um mundo mais justo, democrático e multilateral.
Na recente trajetória da Juventude do PT, em especial, a partir do I CONJPT, o desenvolvimento de vínculos com juventudes partidárias e com organizações e fundações internacionais progressistas contribuiu substancialmente na formulação da política externa da juventude petista, deu acesso a novos diálogos e conhecimentos fundamentais para a formação de nossos quadros dirigentes, e projetou a intervenção da JPT em espaços internacionais como o Foro de São Paulo, o Festival Mundial das Juventudes Democráticas (FMJD), o Fórum Social Mundial, os eventos da IUSY (Internacional da Juventude Socialista), entre outros.
O caminho de convivência e intercâmbio com a FMJD e a IUSY se firmou como o mais perene e de maior parceria. Ao longo dos últimos anos, temos comparecido regularmente aos grandes eventos e seminários temáticos da IUSY, com a qual temos uma política de cooperação forte, em especial nas áreas sindical e ambiental. Já em relação à FMJD, apesar de a JPT ter presença no Festival Mundial das Juventudes Democráticas, que reúne grande parte da juventude engajada em lutas antiimperialistas, ainda produz poucos resultados substanciais para as juventudes envolvidas.
Quanto à relação com à IUSY, os resultados positivos nas áreas temáticas não esgotaram as possibilidades de intercâmbio e de uma contribuição mais incisiva de nossa juventude. Há que ser reconhecer que por não ser organização membro, a JPT deve apresentar a IUSY agendas políticas novas, que dialoguem com as crises vividas pela esquerda europeia e represente o acúmulo da esquerda brasileira e latinoamericana das últimas décadas.
Mais recentemente, abrimos um caminho de diálogo com a juventude do Partido Comunista Chinês, que pode avançar para futuros protocolos de colaboração, perspectiva essa que se ampliou com a visita ao PT de Lu Hao, primeiro-secretário da Liga da Juventude Comunista e Ministro da Juventude da China. A parceria com os comunistas chineses apresenta-se como um dos caminhos mais promissores da JPT, dependendo de nós o próximo passo em torno de agendas políticas mais concretas.
Um passo além seria iniciar o diálogo geracional para dentro dos BRICS que pretendemos travar com nossos pares que estarão à frente das próximas principais economias da Terra.
Na América Latina, seguimos o caminho já traçado pelo Partido dos Trabalhadores na interação com as organizações de esquerda reunidas no Foro de São Paulo. A aproximação com as juventudes progressistas latinoamericanas é grande, em especial com aquelas do Cone Sul, e seguirá sendo uma das prioridades da nossa coordenação no próximo período. Especialmente, deve ser dada atenção ao compartilhamento de experiências no campo das Políticas Públicas de Juventude entre as juventudes envolvidas no Foro.
Além disso, não pode passar em branco a iniciativa de aproximação política e ação razoavelmente coordenada em termos práticos com as juventudes das organizações que de fato estão à frente dos governos progressistas do continente, primando pelo encontro gradual de um pensamento geracional comum entre atores que, na situação ou oposição, estarão no centro da transição político-geracional latinoamericano.
Nesse sentido, é importante dar continuidade e fortalecer as relações com juventudes democráticas e progressistas organizadas da América Latina, em especial a partir do espaço do Foro de São Paulo, fortalecendo o intercâmbio (assessoramento e consultoria política) também de plataformas eleitorais.
Em relação à IUSY, devemos buscar alcançar novo patamar na relação, na perspectiva de estabelecer um diálogo mais propositivo acerca da agenda da esquerda no mundo, oferecendo os positivos resultados das experiências dos governos de esquerda latino-americanos na formatação de um novo modelo de desenvolvimento global, especialmente as medidas anticíclicas do Brasil em 2008 e o da Argentina em 2001.
Em uma frente paralela, buscaremos estabelecer relações com juventudes progressistas do bloco BRICS, criando fórum em que essas organizações sistematizem uma agenda política dessas novas potências emergentes: Rússia, Índia, China e África do Sul. Construindo uma correspondência na agenda, bandeiras e pauta política juvenil desses países naquilo que eles colaboram entre si e em bloco na geopolítica mundial, estaremos preparando a juventude brasileira organizada para o novo momento de inserção do Brasil na cena internacional.
Temos também entre os objetivos dessa nova agenda estabelecer relações com juventudes progressistas em um movimento paralelo à política externa do Brasil, no eixo Sul-Sul, com a prospecção de novos diálogos na África e Oriente Médio.
Para toda essa demanda, é importante pensar no Festival Latino-Americano de Juventudes, sediado anualmente em Fortaleza (CE) como uma arena estratégica de articulação dessa pauta.
Precisamos consolidar a JPT como a Juventude do partido que governa uma potência emergente e democrática, que se insere soberanamente na ordem mundial ciente de seu papel estratégico geopolítico e portadora de uma nova forma de se relacionar com os demais países, especialmente os emergentes e os menos desenvolvidos.

Fernando Pacheco é coordenador de Relações Internacionais da Executiva Nacional da Juventude do P´T.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Hospital Roberto Santos procura parentes de paciente

O Serviço Social do Hospital Geral Roberto Santos procura localizar parentes ou alguém que dê informações que possam levar à identificação de um homem negro, aparentando ter em torno de 40 anos de idade, internado neste hospital desde o dia 14 de março.
Ele teria sido encontrado em via pública, na Avenida Bonocô, apresentando quadro convulsivo, e foi conduzido ao HGRS por uma equipe do SAMU – Serviço Móvel de Urgência.
O estado do paciente, que se encontra em leito de parada no setor de Observação Clínica da Emergência, continua se agravando, daí a urgência em localizar alguém que o conheça.
Informações podem ser transmitidas ao Serviço Social da Emergência, pelo telefone 3117-7753 (dia e noite), ou para a Assessoria de Comunicação Social, no tel. 3117-7509, em horário administrativo.

Mapeamento do consumo de pescado em escolas públicas brasileiras


O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), com o apoio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) lança, hoje (19/03), um instrumento de pesquisa para mapear o consumo de pescado nas escolas públicas de todo o Brasil. O resultado do trabalho servirá de base para formulação de políticas públicas voltadas ao fortalecimento da cadeia produtiva e comercial do pescado no âmbito institucional, bem como de estímulo ao consumo de pescado pelos alunos da rede pública de ensino.
Esse mapeamento será feito durante os meses de março e abril junto às Secretarias de Educação Estaduais e Municipais e às Escolas Federais. A meta para 2012 é aumentar a adesão à pesquisa por parte dos responsáveis pelo preenchimento do formulário, nutricionistas e responsáveis técnicos que integrem o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para que seja possível obter o maior número de respostas.
Para o sucesso da pesquisa o MPA contará também com a parceria da União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA) e Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed).
O preenchimento será realizado através do site do MPA, por meio de questionário eletrônico, visando maior praticidade e retorno por parte dos nutricionistas e responsáveis técnicos pela alimentação escolar. Os profissionais terão até o dia 30 de abril para enviar suas respostas.

Fonte: Ascom/ Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura do Estado da Bahia

Indústria naval brasileira entrega 56 navios em 2011

No ano passado, foram contratadas ainda as montagens de 163 embarcações, sendo 46 embarcações de apoio à plataforma e 117 de carga; e a construção de cinco estaleiros no Amazonas, em Pernambuco, no Rio de Janeiro, no Rio Grande do Sul e em São Paulo.


No total, até 2014, as ações de Revitalização da Indústria Naval monitoradas pelo PAC totalizam 609 embarcações e 27 estaleiros.
A plataforma P-56, que saiu em junho de 2011 da Enseada do Bananal, na Baía da Ilha Grande, em Angra dos Reis (RJ), rumo ao Campo de Marlim Sul, na Bacia de Campos (RJ), é um exemplo da retomada da indústria naval. De acordo com a Petrobras, o investimento foi de aproximadamente US$ 1,5 bilhão e sua construção gerou 4 mil empregos diretos e 12 mil indiretos no País.
A construção da P-56 alcançou o conteúdo nacional de 72,9% relativo aos módulos integrados (topside), e teve seu casco totalmente construído no Brasil, demonstrando o fortalecimento da indústria local a partir das encomendas da Petrobras.
O casco da nova plataforma é 100% brasileiro e resultou da união dos blocos de aço com os módulos integrados. Construída de forma modular, a P-56 é composta pela base do convés (deckbox), casco e módulos. O processo chamado de deck mating é uma das atividades mais complexas desenvolvidas por um estaleiro e ocorreu sem qualquer imprevisto, em outubro de 2010.
A unidade é a quinta plataforma na região de Marlim Sul. Do tipo semissubmersível, ficará ancorada em área com profundidade de 1.670 metros, interligada a 21 poços, dos quais 10 serão produtores de petróleo e 11 injetores de água.

terça-feira, 13 de março de 2012

Juros para pessoa física recuam pelo terceiro mês e atingem a menor taxa dos últimos 17 anos

Pelo terceiro mês seguido, a taxa média de juros para pessoa física teve redução. Em fevereiro, o percentual foi 6,33%, uma queda de 1,09% sobre o resultado registrado em janeiro (6,4%). Isso equivale a uma taxa de 108,87% ao ano, a menor da série histórica, iniciada em 1995 pela Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).
Na avaliação do vice-presidente da entidade, Miguel José Ribeiro de Oliveira, entre os motivos da queda da taxa média de juros estão as medidas adotadas pelo governo brasileiro para manter o mercado interno aquecido, como a sequência de cortes na taxa básica de juros (Selic) e a queda do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) nas operações de crédito.
Ele também atribuiu o recuo à tentativa do comércio em minimizar o impacto da queda nas vendas, causada pela maior concentração de compromissos financeiros nesse começo do ano, entre os quais o pagamento do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), além dos gastos comuns nesta época com educação e vencimento de contas feitas no período do Natal.

Linhas de crédito
Segundo o levantamento, das seis linhas de crédito pesquisadas apenas a do crédito rotativo dos cartões de crédito não caiu, permanecendo estável na média de 10,8% ao mês e 238,3% ao ano.
“A nossa expectativa é que as taxas de juros voltem a diminuir nos próximos meses por conta das prováveis reduções da taxa básica de juros (Selic), conforme sinalizações do Banco Central, bem como de todas as medidas que o Banco Central e o Ministério da Fazenda vêm promovendo para evitar uma desaceleração forte em nossa economia”, destacou Oliveira.
Já a taxa de juros para as empresas atingiu a média de 3,72% ao mês e 55,01% ao ano - o que representou um recuo de 1,85% no mês e de 2,24%, nos últimos 12 meses - a menor variação desde dezembro de 2009.
Agência Brasil

segunda-feira, 12 de março de 2012

Artigo: Gabrielli e Zezéu: um só compromisso, por Josias Gomes

De volta à Câmara dos Deputados, onde tem desempenhado importante papel na defesa dos novos tempos vividos pelo Brasil e pela Bahia, deixa o Planejamento o deputado federal Zezéu Ribeiro. Vindo de uma excelente gestão à frente da Petrobras, assume a pasta José Sérgio Gabrielli, para continuar o trabalho de Zezéu, no apoio ao governo Jacques Wagner.
Importa destacar esse sentido de continuidade na passagem do comando do Planejamento entre Zezéu e Gabrielli. Isto, porque, como bem destacou Wagner, são ambos compromissados com o projeto do governo petista baiano, que vem transformando o perfil do estado, tanto do ponto de vista econômico quanto do ponto de vista social. Nesse sentido, é a Secretaria de Planejamento o cadinho onde são gerados programas e projetos que caracterizam os novos tempos da Bahia, ao feitio de Zezéu e Gabrielli.
Ganha significado, ainda, na transição entres os dois petistas, a história de ambos na construção do Partido e nas lutas desenvolvidas pelos seus militantes ao longo do tempo. Gabrielli e Zezéu tiveram papéis de relevo representando o PT em disputas pelo governo do estado, em momentos diferentes, mas, igualmente difíceis. Foram, um e outro, combatentes valorosos, na seara baiana, nas diversas vezes em que o companheiro Lula disputou a Presidência da República.
Cumpre lembrar que em 1988 os dois disputaram a Prefeitura de Salvador compondo uma mesma chapa do PT. Naquele momento, Zezéu era o candidato a prefeito da capital baiana, tendo como seu vice justamente Gabrielli. Recordar o episódio torna-se relevante neste momento para deixar ainda mais clara a identificação entre um e outro, e dos dois com o projeto do PT para o estado da Bahia, somente vitorioso, com a ascensão de Jacques Wagner ao poder, pela participação deles, a exemplo de centenas de outros companheiros.
É gratificante saber que podemos continuar trabalhando com os dois companheiros, nas duas trincheiras em que vão militar a partir de agora. Na Câmara dos Deputados, o que aguarda Zezéu tanto diz respeito ao apoio que sempre deu ao governo da presidenta Dilma Rousseff quanto no encaminhamento das principais reivindicações do governo e do povo da Bahia. Tarefas com as quais Zezéu está bastante familiarizado, e em favor das quais estaremos militando conjuntamente, ao lado de companheiros da Bahia e do país.
No governo da Bahia, nosso mandato estará sempre à disposição do companheiro Gabrielli, no que for necessário ao desempenho de suas novas funções. Nossa vivência comum na condução do PT baiano, no envolvimento com as lutas da sociedade civil, cuidou de estabelecer entre nós uma grande facilidade no entendimento. Principalmente na compreensão de que a Bahia não pode parar mais de edificar as transformações positivas que vem promovendo, sob a égide do governo do PT.

(Josias Gomes é deputado federal pelo PT-BA)

Lula deixa hospital

lula_alta

Fiquei muito feliz em saber que meu companheiro e presidente Lula recebeu alta hoje. Ainda vai continuar tomando antibiótico até dia 16, mas já fora do hospital. Exames de sangue mostraram boa melhora clínica! Ufa! Mais uma fogueira pulada, né Lula? Te cuida e volta logo. O Brasil inteiro te ama e reza por ti.

De volta ao país do futuro

Delúbio Soares (*)
A Fundação Getúlio Vargas, um dos organismos mais competentes e respeitados de nosso país, realizou importante pesquisa sobre a realidade sócio-econômica da população e comprova que o Brasil chegou ao menor nível de desigualdade social de sua história. Graças as políticas sociais dos governos do estadista Lula e da presidenta Dilma, ao longo da última década, o Brasil resgata uma dívida social enorme e realiza uma autêntica revolução pacífica, levando mais de 40 milhões de cidadãos da pobreza para a classe média. Não há paralelo na história das Américas de tamanha redistribuição de renda e de mobilidade social tão intensa e bem-sucedida. O Brasil preconizado com tanto ufanismo durante mais de um século de história republicana se realiza somente agora, em uma década de Lula e Dilma. O Brasil está voltando para o seu futuro. Depois do ingresso de 40 milhões de brasileiros na classe C, no período compreendido entre 2003 e 2011, outros 13 milhões deverão seguir igual caminho até 2014, de acordo com estimativa da FGV. Já a classe AB, que ganhou 9,2 milhões de pessoas entre 2003 e 2011, deverá aumentar em mais 7,7 milhões de brasileiros entre 2012 e 2014. Trata-se da mais impressionante mobilidade social ocorrida nos últimos 50 anos em qualquer parte do planeta! A desigualdade, medida pelo Índice de Gini, aponta que a taxa do Brasil, situada no 0,5957, em 2001, caiu gradativamente até chegar a 0,5190 em janeiro de 2012, diminuindo no ano passado a uma taxa quase duas vezes mais acelerada que nos primeiros anos da década passada. O Índice de Gini varia de 0 a 1 e, quanto mais próximo de 0 estiver, menor será a desigualdade. Para o brilhante economista Marcelo Neri, autor de um alentado estudo publicado em livro sobre a nova classe média, “o Brasil está na contramão de sua história pregressa e de outros países emergentes e desenvolvidos, já que estamos no menor nível de nossa história em termos de desigualdade”. Neri dá a boa nova: “já vimos o crescimento forte da classe média. Agora, a classe que mais vai crescer é a classe AB. Até 2014, essa expansão será 29 ,3%, enquanto a classe C crescerá 11,9%”. Mas ele alerta para o fato de, mesmo assim, o Brasil continuar entre os 12 países mais desiguais do mundo, o que só fortalece nossa disposição de perseverar no trabalho de diminuição da distância ainda considerável que separa os pobres dos ricos. Enquanto os países do hemisfério norte, ricos e desenvolvidos, amargam índices assustadores de desemprego, os dados da pesquisa mensal de emprego do IBGE, compilados pela Fundação Getúlio Vargas em seu revelador estudo, mostram que o crescimento da renda per capita foi de 2,7% entre janeiro de 2011 e janeiro de 2012. A taxa média entre 2002 e 2008 também tinha sido de 2,7%. Entre maio de 2010 e maio de 2011 a alta tinha sido de 6,1%. Se levarmos em consideração as enormes proporções da crise que se abate sobre a Comunidade Européia e a que sacudiu os Estados Unidos em 2008 e ainda perdura em alguns setores da mais forte economia mundial, veremos que o Brasil tem sido governado com inegável competência e firmeza, e suas forças produtivas, seu mercado interno e a capacidade de nossos empreendedores, tem mantido firme o timão em meio de tamanha tempestade. Lula estava certíssimo: foi apenas uma marolinha para o Brasil. Há uma explicação plausível para tamanha transformação em nosso tecido social: o Brasil não suportava mais tamanhas disparidades e os governos petistas tiveram a coragem de enfrentar o problema e resolvê-lo com ações efetivas e notória sensibilidade. Lula e Dilma, assessorados por equipes do mais alto nível e com sentido de missão, viabilizaram a inserção de nosso país como uma das mais prom issoras nações desenvolvidas no século 21. A absoluta ausência de compromisso dos governos anteriores para com as camadas sociais mais carentes e merecedoras de atenção e apoio, fez com que o tamanho e a gravidade de nosso subdesenvolvimento se tornassem colossais. Um exemplo disso era o novo (hoje) rico e exitoso Nordeste, que vivia a realidade da miséria, do desemprego, do abandono e de certo conformismo nacional diante daquele que era até chamado de “ Brasil dos coitadinhos”. Há Estados do Nordeste e do Norte com índices de desenvolvimento social e econômico várias vezes maiores do que os de São Paulo, nosso Estado mais rico, mas aprisionado por quase duas décadas pelos governos incompetentes e elitistas do PSDB. Hoje, após a venturosa década de administração dos governos do PT e partidos da base aliada, o Nordeste apresenta indicadores de desenvolvimento social e econômico invejáveis, que comprovam o acerto das políticas de potencialização do país e de sua gente, expressas em acertos fabulosos como o Bolsa Família, o Pro-Uni e dezenas de outros de igual sucesso. Transformar pobres em cidadãos de classe média. Elevar os de classe média para o topo da pirâmide, nas classes A e B. Levar os filhos do povo para a universidade. Reduzir de forma exemplar as taxas de desemprego. Modificar a face de um país antes injusto e carente, resgatando a dramática dívida social e garantindo cidadania a dezenas de milhões de irmãos de todo o nosso imenso território continental. Isso, meus amigos, é o go verno do PT.             
*) Delúbio Soares é professor

sexta-feira, 9 de março de 2012

Custo da cesta básica cai em 12 capitais

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômico – DIEESE constata que a cesta básica, de janeiro a fevereiro, ficou mais barata em 12 das 17 capitais brasileiras. As maiores quedas ocorreram em Florianópolis -5,8%, Salvador -4,52% e Curitiba -4,04%.

Seminário Nacional: O Programa de Governo do PT nas Eleições 2012


A Comissão de Acompanhamento das Eleições 2012, constituída pelo Diretório Nacional do PT, prepara a realização de um seminário nacional sobre os programas de Governo do PT, a ser apresentado à população nas eleições municipais.
O Seminário tem o objetivo de dialogar com os nomes petistas que estarão na disputa eleitoral para as prefeituras. Os petistas terão a oportunidade de debater sobre a atualidade do Modo Petista de Governar e dialogar sobre a incorporação de experiências recentes dos governos locais. Segundo a organização, serão estabelecidos os novos desafios para as administrações municipais, principalmente diante dos atuais cenários do país e do mundo, assim como das necessidades criadas pelo novo patamar de desenvolvimento vivido pelo Brasil a partir de 2003. 
Alguns temas irão balizar os debates, tais como, - quais são os desafios das cidades brasileiras no momento atual de um Brasil que se desenvolve e se fortalece economicamente? Como superar os gargalos urbanos acumulados ao longo do tempo, que transformam nossas cidades em palcos de violência, tráfico, trânsito caótico, sistema de transporte de massa e atenção à Saúde Pública deficientes; quais as novas formas e avanços na participação popular e na democracia local; quais as formas mais eficientes e atualizadas de comunicação com a população, dentre outros. Os municípios têm um papel específico no Projeto de desenvolvimento Nacional? O PT tem uma agenda chamada municipalista? Qual é esta agenda hoje? Qual a centralidade do Programa de Governo nas eleições municipais? Como desenvolver e debater o Programa na Campanha Eleitoral? Há inovações nas administrações Petistas no último período que se incorporam positivamente ao Modo Petista de governar?
Estas são questões a serem debatidas e respondidas no Seminário do Programa de Governo para as eleições 2012, o Modo Petista de Governar
Estão sendo convidados membros do DN, Dirigentes Estaduais do PT (no mínimo Presidente, Secretários de Comunicação, Formação, Organização e Assuntos Institucionais), presidentes dos Diretórios Municipais e candidatos/as a prefeito e vice dos 118 municípios com mais de 150.000 eleitores; assim como os responsáveis pelo Programa de Governo nesses municípios.
Para o próximo dia 12 de março está previsto o lançamento de um hotsite com todas as informações sobre o Seminário consolidadas. As inscrições serão realizadas a partir do dia 18 pelo mesmo hotsite. O endereço eletrônico será divulgado no Portal do PT.

História
O PT vai entrar na 7ª geração nas prefeituras. Desde 1982, quando elegeu dois prefeitos, passando pelas primeiras eleições em 1985 nas capitais (depois de anos de interventores durante a ditadura), mas principalmente a partir de 1988 o PT passou a figurar como um Partido de bons governos municipais, administrando cidades grandes, médias e pequenas, implantando o Modo Petista de Governar.
De lá pra cá, o PT cresceu, governou também Estados e iniciou uma grande mudança no Brasil, com a vitória de Lula à Presidência da República em 2002. O Brasil passou a viver outro modelo de desenvolvimento, centrado na distribuição da renda e inclusão social, criação de empregos e forte ênfase na educação e na sustentabilidade econômica, social e ambiental. Criou, no âmbito federal, a Secretaria de Assuntos Federativos, a SAF, que coordena as ações federais junto as administrações municipais e faz a interlocução com a agenda dos municípios brasileiros. Muitos avanços foram obtidos nesta área, o que fortaleceu o pacto federativo e constituiu atores permanentes no diálogo pela implementação de políticas públicas nacionais, que na prática, se concretizam com a participação dos governos locais.
O Seminário será realizado nos dias 16 e 17 de maio em Porto Alegre, antecedendo reunião do Diretório Nacional que ocorre dia 18 também em Porto Alegre.
O evento tem apoio da Fundação Perseu Abramo, Escola Nacional de Formação, Secretarias Setoriais Nacionais, Secretaria Nacional de Movimentos Populares, e Diretório Regional do Rio Grande do Sul e Diretório Municipal de Porto Alegre.

Atividades:
1. Mesas de debate geral:
a) A atualidade do Modo Petista de Governar os Municípios
b) Comunicação e Marketing político e eleitoral
2. Painéis: a) Reforma Urbana: Mobilidade, Meio Ambiente e os novos desafios das cidades brasileiras; b) A Participação Popular nos governos locais: c) Justiça, Segurança Pública e DH nos municípios; d) Segurança Alimentar, Agricultura Familiar e políticas de Abastecimento no município; e) Os desafios para a consolidação do SUS nos municípios; f) Os desafios da Educação nos municípios; g) Desenvolvimento Social Local: O Município sem miséria; h) Servidores Públicos Municipais: Políticas de Valorização e Seguridade: i) Mulheres; k) Promoção da Igualdade Racial; l) Juventude; m) Cultura;  n) LGBTT; o) Esporte; p) Meio Ambiente; q) r) A Comunicação e o papel das redes sociais nos municípios; s) Turismo; t) Relações Internacionais; u) Idosos; Economia Solidária;
3. Exposição de Políticas Públicas Exitosas das administrações Petistas
Programação
Dia 16.05
9h – Abertura
10h – 1º Painel: Reforma Urbana: Mobilidade, Meio Ambiente e os novos desafios das cidades brasileiras
11:45h – 2º Painel: A Participação Popular nos Governos Locais
13h- Almoço
15h – 3º Painel: Justiça, Segurança pública e Direitos Humanos nos Municípios
16:15h – 4º Painel:  Segurança Alimentar, Agricultura Familiar e políticas de abastecimento no município
17:30h – 5º Painel: Os desafios para a consolidação do SUS nos municípios
20:00h – Debate: Comunicação e Marketing Político e Eleitoral,
Dia 17/05
9h – 6º Painel: Os desafios da Educação nos municípios
10:15h – 7º painel: Desenvolvimento Social Local: O município sem miséria
11:30h – 8º Painel -  Servidores Públicos Municipais: Valorização e Seguridade
13:00h – Almoço
14:30h – Painéis Simultâneos:
*Mulheres
*Juventude
*Idosos
*Promoção da Igualdade Racial
* Cultura
*LGBTT
*Esporte
*Meio Ambiente
*Questões Agrárias nos municípios
*Comunicação
*Turismo
*Relações Internacionais
*Modo Petista de Atuação Parlamentar
16:30h – Plenária Final – Encerramento
19:30h – Debate: O Programa de Governo do PT para 2012 e os desafios do Modo Petista de Governar na 7ª geração de Prefeitos/as

(Fonte: Assessoria Gleber Naime - PT)

quinta-feira, 8 de março de 2012

Graça Foster visita Maragojipe


Quem visita Salvador amanhã pela manhã é a presidenta da Petrobras, Maria das Graças Foster. Na capital, a executiva participa da posse do novo secretário de Planejamento do governo Wagner, e ex-presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli. No início da tarde, ela segue para São Roque do Paraguaçu, onde realiza com seus assessores uma visita técnica, com a finalidade de conhecer o canteiro de obras da estatal em Maragojipe. A visita vai servir também para acertar detalhes para a vinda da presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, no final deste mês. Na oportunidade, Dilma lançará a pedra fundamental do Estaleiro Enseada do Paraguaçu. Ascom

A violência contra a mulher destrói a família e enfraquece o estado

 Por Davis Sena FilhoBlog Palavra Livre

 
As minhas palavras hoje dedicadas ao Dia Internacional da Mulher vão ser direcionadas à questão da violência contra as mulheres, apesar de lei tão importante como a da Maria da Penha estar em pleno vigor em nosso País, a violência contra a mulher não é apenas uma questão de agressão física e psicológica por parte do agressor. É mais do que isto. A violência contra a mulher é um pandemia de ordem mundial e por isso deve ser combatida e sanada. É uma doença social de graves consequências e proporções para as diferentes sociedades, que causa dano moral, psicológico, físico, material, financeiro e econômico não somente aos lares, mas também ao País.  

 
Uma das piores, talvez a pior dor que humanidade pode infligir a seus integrantes é a violência física e moral contra a mulher. De tal modo, que sabemos que a violência, como método e forma de submeter o outro, torna-se mais do que uma doença social crônica e transforma-se em uma enfermidade social, porque ela se alastra em todos os lugares e não apenas no âmbito municipal, estadual ou nas fronteiras de algum país. A violência contra a mulher, antes de qualquer coisa, destrói, irremediavelmente, os lares e as famílias, que são o núcleo de qualquer sociedade.

         Toda violência tem de ser combatida pelo estado e pela sociedade civil organizada, porque ela não acontece apenas em um grupo social — o das mulheres —, porque sabemos quando uma mulher é agredida, violada em seus direitos civis, toda a sociedade sofre, porque as mulheres são mães, irmãs, avós, amigas e namoradas dos homens de suas vidas e, conseqüentemente, aqueles homens que não violam seus direitos são também vítimas de tais crueldades.



         Quero dizer que quando uma mulher é vítima de violência toda sociedade se torna refém da miséria humana, porque a mulher mesmo em um tempo de mudanças na construção das famílias é ainda o ente de aglutinação familiar e, portanto, de indubitável importância para a formação familiar e, por conseguinte, responsável pela organização da sociedade, no que tange até a questão da edificação de um estado justo e democrático de direito.

         Órgão da importância do Departamento da Mulher, da Secretaria Adjunta de Integração Social e da Secretaria de Trabalho e Assistência Social, tem de oferecer sempre o melhor atendimento possível no que é relativo à proteção da mulher agredida, porque buscamos, de fato, que o processo de libertação de seres humanos que estão à mercê da brutal violência física, psicológica e moral consigam vislumbrar uma saída para se afastar, definitivamente, daquele que, em vez de ser seu parceiro para enfrentar os desafios da vida, transforma-se em seu algoz, tão violento e cruel que, de maneira sórdida e desumana, destrói um relacionamento por intermédio até do assassinato.

         A violência contra a mulher tem de ser acompanhada de perto pelo poder público. É dramática a situação das mulheres que vivem em perigo. O Departamento da Mulher, a Delegacia da Mulher, o Ministério Público e as ONGs, dentre outros, precisam sempre fortalecer as políticas públicas em prol da mulher vítima de violência.  Realizadas, não devemos esquecer que necessitamos tanto de apoio logístico quanto de recursos para que possamos ter os projetos de proteção às mulheres concretizados. O empenho tem de ser grande e constante, porque tenho a consciência de que a violência é a pior das doenças. E quando a vítima é a mulher, a violência também contamina o lar, a família, os filhos, a sociedade e o poder público.

         Haveremos de, cada vez mais, realizarmos campanhas de conscientização para que a sociedade tenha uma maior compreensão sobre a violência contra a mulher. Também se deve disseminar informações que cheguem às mulheres vítimas da violência, no sentido de elas saberem que o gênero feminino tem direitos, e o direito de não apanhar e de não morrer é o mais importante dos direitos civis. As mulheres tem de ter todo o apoio e saberão que existe a mão e o olhar atentos do estado, que, além de combater e coibir o agressor, não permitirá que a mulher, que é mãe, seja desrespeitada em seus direitos civis fundamentais, que é o de viver em paz e em segurança. É isso aí.

Parabens a Todas as Mulheres!



Fonte - Ascom PMM

Neto do PT - Maragojipe em Ação!

terça-feira, 6 de março de 2012

Agricultura familiar ganha entreposto nacional na internet

http://www.redebrasilrural.mda.gov.br/
O Ministério do Desenvolvimento Agrário colocou no ar a partir deste dia 6 a Rede Brasil Rural.

Trata-se de um entreposto eletrônico na forma de portal da internet para incrementar os negócios da agricultura familiar.

É um ponto de encontro entre produtores de alimentos, cooperativas, comerciantes, indústrias, prefeituras e outros órgãos públicos para negociarem a produção.

Todos os produtores devem se cadastrar de forma a tornar fácil a aquisição de alimentos por comerciantes e por prefeituras para a merenda escolar, por exemplo.

E todos os prefeitos conscientes da importância de distribuir renda e fazer circular dinheiro dentro do próprio município devem adquirir alimentos preferencialmente da produção local.  
  • A economia do Brasil está bombando


    O consumo das famílias aumentou pelo oitavo ano seguido e vem ajudando a economia do país a crescer, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

    O resultado do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil ocorreu graças ao consumo dos brasileiros. A despesa de consumo das famílias cresceu 4,1% em 2011, oitavo ano consecutivo de aumento. Segundo especialistas em Economia, o gasto feito dentro do país manteve a economia aquecida em um ano de forte crise na Europa.

    De acordo com o economista Carlos Honorato, da FIA (Fundação Instituto de Administração), a facilidade de obter empréstimos e a melhoria na renda dos brasileiros fizeram as pessoas comprarem mais e a economia continuar a crescer.

    Honorato também diz que a demanda da China e a manutenção dos preços das commodities, matérias-primas exportadas pelo Brasil como minério de ferro, também ajudaram no crescimento do país.

    Alexandre Chaia, professor do Insper (Instituto de Ensino e Pesquisa), diz que o governo conseguiu amenizar os efeitos da crise com medidas que estimularam o consumo no segundo semestre do ano passado.

    “A crise provoca incerteza no consumidor e no empresário. Com as notícias da crise, o consumidor vê muito bem se vale a pena consumir, comprar uma nova geladeira, imóveis ou carro novo.” Segundo o professor, a postura do governo de facilitar a obtenção de empréstimos ajudou a afastar o medo do consumidor

    Relator de projeto contra a corrupção apresenta parecer na quarta-feira

    O relator do PL 6826/10, deputado Carlos Zarattini (PT-SP), apresenta nesta quarta-feira (7) seu parecer na Comissão Especial sobre Atos contra a Administração Pública. O projeto, de autoria do governo, pretende preencher duas lacunas na legislação atual: hoje, as sanções não alcançam o patrimônio da empresa, nem garantem o ressarcimento do prejuízo causado aos cofres públicos. O foco da Lei 8.666/93 é regular as licitações e os contratos com a administração pública, e não atos de corrupção praticados pela empresa na relação com o Poder Público.
    O projeto, segundo o Executivo, inova ao responsabilizar a pessoa jurídica que se beneficia de crimes como fraude em licitações e superfaturamento de obras: ela passaria a ser alvo de processo civil e administrativo. A intenção é recuperar os recursos desviados, já que apenas 8% deles retornam aos cofres públicos, segundo dados da Controladoria Geral da União.
    Carlos Zarattini diz ter acatado 10 das 30 emendas apresentadas pelos deputados. Uma das alterações feitas pelo relator foi inserir no projeto um capítulo sobre acordos de leniência. Nesse tipo de acordo, a empresa que tiver uma acusação contra ela pode ter a punição diminuída caso colabore com as investigações. Zarattini avalia que apenas uma minoria dos integrantes da comissão é contra a responsabilização das empresas por atos de corrupção. 

    A reunião da comissão especial ocorre às 14 horas, no Plenário 9.   

    sexta-feira, 2 de março de 2012

    Maragojipando - ONLINE

    O Maragojipando ONLINE 02, o informativo on line da Prefeitura de Maragojipe, traz essa semana a posse dos novos funcionarios, os quais foram chamados para tomarem posse de seus cargos, adiquiridos no concurso de 2007.


    Ao mesmo tempo que Parabenizamos a todos, Boa Sorte e Vamos a Luta!

    Neto do PT - Maragojipe em Ação!

    Vivaldo se afasta da Prefeitura Municipal de Maragojipe !

     
     
    Cada homem livre tem como responsabilidade maior a construção da própria história. Mas não são todos que fazem com tanta dignidade e honradez, assim como fez o professor Vivaldo Rebouças. A luta permanente por uma sociedade  igualitária marcou a sua vida, levando-o a enfrentar um golpe contra a democracia e a preferir a clandestinidade a aceitar o autoritarismo. Com uma história de vida tão rica, não tinha como não garantir a admiração e o respeito de todos à sua volta. Cansado de ‘guerra’, o tenente Vivaldo se afasta do governo para se dedicar mais à família e à sua saúde. É chegada a hora de um merecido descanso após anos e anos de lutas e batalhas. Ele deixa o governo, mas não deixa a política. Iremos contar muito ainda com seus ensinamentos. Com uma simplicidade e um cavalheirismo marcante, ele deixa em todos nós a certeza de que nele encontramos uma referência ímpar. De hoje em diante, os servidores da Prefeitura de Maragojipe, especialmente aqueles lotados no Gabinete, sentirão uma enorme lacuna e a plena certeza de que vão ter que seguir em frente sem a ilustre e inestimável companhia. Vai, professor! Um bom mestre tem sempre esta preocupação: ensinar o aluno a desvencilhar-se sozinho. 
     
    Fonte - Ascom PMM
     
    Neto do PT - Maragojipe em Ação!

    quinta-feira, 1 de março de 2012

    Combate à desnutrição exige ações pontuais, dizem especialistas

    O coordenador substituto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Eduardo Augusto Fernandes Nilson, defende a importância de projetos que buscar melhorar as condições de nutrição dos brasileiros. Ele ressalta que, mesmo com a significativa redução da desnutrição infantil na última década, ainda existem populações vulneráveis.
    “Tudo o que vier do Legislativo é bem-vindo para reforçar o que vem sendo feito pelo governo”, afirma.
    Nilson lembra que a desnutrição é um problema que tem várias causas e relação direta com atuação do Sistema Único de Saúde (SUS), a educação, a renda familiar e o saneamento básico. Ele reforça que não é possível combater a desnutrição partindo apenas de ações do setor de saúde: “O cuidado com a alimentação infantil começa com o pré-natal e, depois, com a formação de hábitos alimentares, com destaque para o incentivo ao aleitamento”, argumenta.
    Mil dias
    Para o gestor de Relações Institucionais da Pastoral da Criança, Clóvis Bloufleur, o combate à desnutrição requer “ações cirúrgicas”. Ele destaca a importância de, nessas ações, investir no cuidado da alimentação das mães durante a gestação, a fim de evitar o nascimento de crianças de baixo peso e os consequentes prejuízos decorrentes dessa condição.
    De acordo com Bloufleur, estudos que indicam que a alimentação da criança em seus primeiros mil dias de vida – incluindo a gestação – tem impacto direto no desenvolvimento e na saúde para o resto da vida.
    O representante da Pastoral da Criança reivindica que o amparo às mães continue após o parto, com a prorrogação da licença-maternidade para todas as trabalhadoras. “O Brasil precisa ser ousado para avançar nesse sentido. O governo gasta R$ 600, R$ 800 por mês com creches. Por que não oferecer esse dinheiro para a mães ficarem com seus filhos?”, questiona.


    Neto do PT - Maragojipe em Ação!

    Dilma retorna à Bahia em março para inaugurar estaleiro.


    A presidente Dilma Rousseff deve retornar à Bahia no dia 31 de março para lançar a pedra fundamental do estaleiro que será implantado em São Roque do Paraguaçu, no Recôncavo baiano. Dilma também deve participar do lançamento ao mar da plataforma P-59 em construção, juntamente com a P-60, que estão sendo construídas desde 2008.

    Fonte - http://www.politicalivre.com.br

    Neto do PT - Maragojipe em Ação!